quarta-feira, 15 de outubro de 2008

O Que é Sexy III - A Vingança do Mal

Tá bom, vamos seguir o espírito da coisa.

Pra começar, o que eu acho sexy nem sempre é convencional. E às vezes é tão detalhe, mas tããão detalhe, que a maioria nem percebe. É aqui que mora o encanto, pra mim: no que a maioria nem percebe. Oquêeei, eu gosto de homem bonito, óbvio. Mas prefiro aquele bonito que nem saca que é bonito, sabe? Aquele que esbanja um charme que aparentemente só eu capto, que tem um jeito de gesticular e um sorrizinho de canto de boca. Hum. Aquele que sabe o que dizer, mas que mostra inteligência na entrelinha, e não tenta falar difícil ou sair do contexto (sabe cara que fala sobre a crise das commodities e a desvalorização do mercado de ações futuras numa mesa de boteco? Esse.) pra mostrar um ar de superioridade. Aquele cara que faz rir sem ser palhaço, e que age naturalmente assim, e não pra fazer rir. Provavelmente ele tenha umas covinhas e goste de Blues. Mas pode gostar de Beatles, Pink Floyd, ou Jorge Ben também. O tamanho das mãos não é tão importante, mas ele tem que saber o que fazer com elas. E aqui eu me refiro à todas as situações, bem. Ele até pode ter uns cabelos arrumadinhos, mas não pode se importar a ponto de não querer um cafuné, né? Convenhamos. Ele não tem medo do ridículo e solta qualquer bobagem que pense na hora, porque se garante. Corpo bonito (que não é sinônimo de músculos, gente) é bacana, mas não pode se preocupar mais com isso do que com o prazer do momento. (tipo, cara que diz que não vai tomar mais uma ceva contigo porque dá barriga, pode tomar seu rumo, porque daqui não vai sair nada). Ele assume sua sensibilidade, mas sabe muito bem a hora em que precisa de um "vem cá, minha nêga". Aliás, nesse aspecto, os quietinhos são os melhores - detesto homem que se vangloria. Não me detenho tanto no "alinhamento" dos dentes, mas naquele sorriso meio furtivo, acompanhado de um olhar meio cafa. Sim, gente. Eu gosto de olhar meio cafa. E isso não significa que eu goste de cafajestes (e nem que não goste), mas sim que o olhar é que instiga, que provoca. Sabe aquele olhar de "tô aqui na boa, mas se tu ratear eu dou o bote"? Aquele olhar que tu não sabe muito bem se é de "te quero pra mim" (tô tentando manter o nível!) ou de "sou sexy assim mesmo, bêibe". Prefiro barba mal-feita, mas aquela que já passou do ponto de pinicar, né, combinemos! Cara de bundinha de nenê cheirando a loção pós-barba me dá alergia. Pode ser muito bonitinho, mas dá vontade de colocar no colo e cantar "boi-da-cara-preta", e não de... é, disso aí mesmo. Cara muito delicado também não me provoca - prefiro aqueles que sabem ser diretos sem perder a gentileza, sabe? Sim, porque homem gentil é o que há. Principalmente o que sabe o momento de sê-lo, e o de não sê-lo também! Ui! O cara sexy sabe valorizar o que tem, mesmo que (perante os padrões) não seja lá essas coisas. Segurança, meu bem. Mas sem arrogância, por favor. Habilidades musicais denotam sensibilidade, mas não dão visto garantido, não. No mínimo, chamam a atenção. Ele tem que saber como chegar: não me venha co aquelas cantadas prontas... mas se vier, que venha com espírito esportivo, porque provavelmente me faça rir e parar pra ouvir o resto. Homem que sussurra ao pé do ouvido, e que quando faz isso, exala um cheiro bom - não necessariamente cheiro de perfume. E que sabe dizer coisa sexy em hora sexy, coisa bonita em hora bonita, coisa engraçada em hora engraçada, coisa séria em hora séria... mas que sabe confundir isso tudo do jeito mais atrapalhado e fofo do mundo. Ui²!

Enquanto eu escrevia, pensava se eu conheço um cara assim.
Já contei pra vocês sobre o Sr. Lagartixa, né? Avemaria.

15 comentários:

Julia disse...

Looooooonge de mim plantar a discórdia, fía... mas tu não listou O QUÊ tu acha sexy... tu descreveu QUEM tu acha sexy! hahahaha

Deni! disse...

Naaah, mas o Sr. Lagartixa nem tem toooodas essas características.

Ou tem?

Máaai Góoode, será que eu tô ficando obcecada? Cruzes, vou ali tomar uns passe e já volto.

Josh disse...

Yeah baby, "cocky and funny" is the way to a woman's “heart”

Olha ela arrasando aí de novo!

Mas qual o problema com o Sr.
Lagartixa? Muito tímido?

Coitado do eletricista das horas vagas...

Deni! disse...

Siiim, pegou o espírito!!!

Olha, o Sr. Lagartixa é um caso à parte, sabe? Ele desafia a minha capacidade de expressão. Ai, ai.

Julia disse...

"Ele desafia a minha capacidade de expressão"
O amor é lindo!

Deni! disse...

Naaada, fía.
Tá longe de ser tão sublime!
É uma coisa muito menos cor-de-rosa do que o amor. Diria que é, assim, mais... vermelho, sabe? Tipo vermelho-algemas-e-cinta-liga.

Josh disse...

é, já dizia o filósofo: Amor de pi** é o que fica...

não que seja o caso, aí não tem fato consumado (que eu saiba)

ps: pode deletar esse tb

Julia disse...

Boys are fun!!!
Adoro esses comentários!

Julia disse...

Em breve teremos um post mais cor-de-rosa e menos vermelho-cinta-liga, pq ando romântica! Tô só esperando a dona Ju se manifestar na sua lista sexies X não-sexies.

Deni! disse...

hahahaha
Não, querido fióte.
Jamais deletaremos. Nós temos todas essas doses de sarcasmo, e um pouco de sacanagem (assim, sacanagem de respeito, craro)não faz mal à ninguém, némêmo?

Ju disse...

Juu, se quiser pode botar teu post, eu to aqui fermentando pra botar o meu com calma na sexta! :P aliás vou fazer um post sobre essa sexta tb...

Digo!! disse...

Pô, Dê!!! que coisa mais difícil!!!

hahahahahahhahah!!! beijão, te amo!!

Deni! disse...

É, meu bem...
Mas tu tá em outra categoria, porque os machos-amigos moram na categoria cor-de-rosa (amor sublime, lembra?), e não cabe um vermelho-cinta-liga nessa história... uhahuahua

Paulinha Papaléo disse...

Digui (=Dê)!
Concordo muito com a tua lista...entre meus favoritos estão:
- barba para fazer (pós-estágio de machucar)
- olhar meio misterioso (que tu não sabe se o cara tá super interessado ou se é esse charme naturalmente)
- mais quieto com o "vem cá, minha nêga", nos melhores momentos
...............
Mas é como tu disse, são coisas sutis que funcionam para alguns, mas não para todos!
Beijos!

paulinha papaléo disse...

Ah! E mãos tb (até ler o blog achava que só eu pensava isso)...