terça-feira, 17 de maio de 2011

Pessoas com trilha sonora: eu tenho.

Ontem eu tava pensando que algumas pessoas da minha vida são marcadas com música. Tipo um carimbo.
Por exemplo: sempre que eu escuto ABC do Jackson Five, Julia Maciel me vem à cabeça. Eu sempre me lembro da cena dela me falando para ensaiarmos a dancinha. E, enquanto falava, fazia os passos do Michael colocando um pé pra frente, inclinando o corpo e tirando e botando o chapéu imaginário na cabeça.

Não sou eu que escolho as músicas para os meus amigos, são eles mesmos, sem querer, que gravam sua imagem a um determinado som na minha memória.
Toda vez que escuto Alanis ou Nei Lisboa, a imagem de Denise Porto se materializa em frente aos meus olhos! Talvez ela nem se lembre desse episódio, mas eu sim: na faculdade, bem no início, enquanto eu dava a notícia de que tinha comprado o cd da trilha sonora do BBB (senti vergonha agora), ela, ao mesmo tempo, tirava da bolsa um cd da Alanis, anunciando a sua também nova aquisição. Foi ela que escreveu em um caderno a letra inteira de uma música do Nei Lisboa, e eu achei o máximo!  Até me lembro o nome da música: era Por Aí. Adorava - ainda adoro - o jeito e a profundidade com que ela enxergava os significados nas músicas. 
Minha irmã surge toda vez que escuto Por onde andei, do Nando Reis. Não tive intenção de selecionar essa música pra ela. Isso simplesmente aconteceu. O trecho que diz que a vida é mesmo coisa muito frágil, uma bobagem, uma irrelevância diante da eternidade do amor de quem se ama se auto definiu como um hino a ela. Gosto do Nando Reis. Ele é desafinado e torto em algumas músicas. E eu acho isso bonito. Demorei pra gostar. Meu vô Theo está gravado em uma música do Oasis! ahahaha Champagne Supernova. Tomara que ele não fique sabendo disso. Minha mãe: Blackbird, dos Beatles. Meu pai: Take Five do Dave Brubeck Quartet . Marcelão eu vejo nas trilhas do Rocky Balboa ahaha... e, pra contrastar, vejo  também na Altar Particular da Gaduzinho.  A minha flor, Ju Wagner, na Shiny Happy People, REM. Meu amigo Digo surge com o Elvis! Bianca eu vejo quando escuto Mutantes - que é bem do jeito dela! 

5 comentários:

Paula disse...

ahaha, que romântico!

Marcelo disse...

'voltando':
Então... eu também tenho essa mania... gravar pessoas e situções por trilha sonora!
Atualmente todas as músicas que ouço, me fazem lembrar de ti.. e quando desligo o rádio, "surpresa!", continuo lembrando...descobri que o silêncio também me faz lembrar de ti!
Porque será???

Ju disse...

Adorei! Também relaciono muito pessoas/ situações com música! Relaciono muito com aromas também...Adorei minha música haha! E Marcelo, que comentário lindo! :D

Deni! disse...

Marcelo, Marcelo, que legal isso, que lindo isso. Lindo ver que tu é um cara bacana que merece essa pessoa extraordinária aí em cima. Tenho certeza que tu já sacou que tirou o bilhete premiado! Aliás, melhor: não tirou, tu conquistou essa "bilhetona premiada" aí, essa mega master blaster sena acumulada que é essa menina! Uma Paula, a gente não encontra assim, por aí. E quando encontra, sorte de quem a tem por perto! Eu amo ela também, do fundo do coração, e admiro muito a tua sensibilidade de enxergar o quanto ela é especial. E como eu disse pra ela: Deus conserve! :D

Julia disse...

Como é que eu não tinha lido esse post? Amei!!!