quarta-feira, 19 de novembro de 2008

A Arte de Calar-se

Eu falo muito. Às vezes falo pelos cotovelos, às vezes escrevo demais, às vezes digo o que me vem à cabeça, depende do dia. Mas, cada vez mais, eu tento me convencer de que o melhor, mesmo, é ficar em silêncio. Calar-se é uma arte.

É um vício difícil de controlar, esse de sair por aí tagarelando. É mais forte do que eu , como podem perceber. O pequeno problema que isso traz é que algumas pessoas insistem em se incomodar com isso. Querido, já sabe que vai falar mal do que eu tenho a dizer? Então não me pergunte. Não venha falar comigo. Não leia. Realmente não me faz falta. Você poupa um tempo enorme, que gastaria para falar mal de mim, e eu poupo meu precioso tempo, que gastaria para me perguntar o porquê da existência de pessoas tão pequenas como você.

Não, gente. Eu não sou a bolachinha mais recheada do pacote. Não sou a bam-bam-bam de nada. Diria até que muito pelo contrário. Apenas sou muito bem-humorada. Deve ser isso que causa o tal incômodo em algumas pessoas. Realmente eu não vejo motivo nenhum para ninguém sentir inveja de mim, nem nada parecido com isso, na verdade. E quando fico sabendo que isso aconteceu eu fico cho-ca-da.

Triste saber que a minha (aparente) felicidade incomoda. Contraditório, não? Talvez não. Talvez a idéia seja essa mesma: está feliz? Pois não fique, não é isso o que eu quero.
Triste saber que a alegria alheia incomoda tanto. Não só a minha, vejam bem, mas a alheia mesmo, a de qualquer um.

Está bem, caros leitores, eu revelo. Toda essa filosofia barata surgiu por causa de alguém que resolveu se incomodar - perdoem o ridículo - com uma frase minha no msn.

(um minuto de pausa, por favor, preciso parar de rir e acredito que vocês também)

...
...
...


Oquêi, me recompus.

Bem... voltando ao assunto, o MAIS ridículo de toda a história é que tal criatura está bloqueada há meses nos meus contatos, por motivos óbvios. E resolve falar mal de mim - pelas costas, é claro - usando a pobre e inocente frase, de meses atrás, como pretexto para iniciar o assunto com os outros integrantes da conversa. ALÔ-OU??? Não tem mais nada para fazer, não??? Lavar uma louça? Varrer o chão? Catar coquinhos? Hum? Nada?

Claro que comecei a gargalhar assim que acabei de ouvir tal relato, mas não pude deixar de pensar "mas por que, cargas d'água, esta criatura perde tempo falando estas besteiras de mim?!?" Daí veio uma possível resposta:
"- Óbvio, querida, ele deu em cima de você e você deu um fora nele, lembra?"
" -Aaaaahhhh siiiiim, nem lembrava mais disso!"
Usando uma expressão que eu adoro: FAÇA-ME O FAVOR! Esta criatura é que precisa de terapia, não eu!

Eu e vocês aqui, caros leitores e queridas Lulus, falando sempre de pessoas interessantes, sexies, assuntos divertidos, tensos, sarcásticos, irônicos... e a pobre criatura lá... preocupada por eu estar feliz e serelepe: "quem ela pensa que é?", foi o comentário do ser em questão. Eu sou a pessoa cuja felicidade incomoda você, honey.

Eu sei, eu sei... nem deveria me preocupar com estas fofocas de escritório. Sinceramente, nem me preocupo mesmo, apenas achei muito engraçado e resolvi rir aqui, com vocês. Afinal de contas, eu falo pelos cotovelos e é muito difícil me controlar.

É... pelo jeito, eu tenho que aprender a me calar também...
FRANCAMENTE, JULIA, QUANDO VAI APRENDER? FAÇA-ME O FAVOR...

;)

22 comentários:

Julia disse...

Pra variar, ficou gigante... ai, ai... um dia eu aprendo a sintetizar!

Paula disse...

Julia... essas pessoas, aiai, essas pessoas são ...infelizes, devemos ajudá-las!
Por favor, vamos dar as mãos e rezar pelo fulano:
Fulaninho de Deus, querido, fique na santa paz. Se vc for reparar, fulaninho, o stress é só seu nesse momento. Reparou?
Então pra que tanto rancor, tanta raiva? a vida é bela, cheia de passarinhos cantando na sua janela e o sol está brilhando.
Sai dessa.
Amém.

Paula disse...

ps: enquete encerrada!

Julia disse...

tem q colocar o resultado da enquete num post e... fazer a do Ricardinho Mansur ahhahahaha

Rafa disse...

uhahuah, a Julia é daquelas que gostam de humilhar seus pretendentes com frases no MSN...

O rapaz se desesperou com o fora e agora perdeu a noção.

Ela faz o estilo bad girl, arrebata corações, despreza o cara e ainda pisa em cima sem dó nem piedade. =)

Julia disse...

Ela faz o estilo bad girl, arrebata corações, despreza o cara e ainda pisa em cima sem dó nem piedade. =) -> praticamente uma movie-star!!!

ahuahuahauahuahuahuahua
antes eu fosse assim!!!
mas sou tãããão boazinha!!!

e sei lá que frase exata que era, mas cooooom certeza nao era pra ele! ;)

p.s.: Olhem o Rafa se revelando como uma pessoa de verdade, e não mais a "entidade" que postava aqui anonimamente!!!

Julia disse...

E em um mês passamos dos 3 mil acessos!
Hummm... Chique.

hehehe

Rafa disse...

hehe

É as frases genéricas podem fazer servir o chapéu pra muita gente...

E não, eu não queria minha foto ali do lado, só tava com inveja dos links azuizinhos e me cadastrei. Pensei que só as donas do blog apareciam o.0

Paula disse...

Oi Lulus
Uma amiga minha pediu encarecidamente um post sobre fim de relacionamentos e de como superar esse fim...
Eu escreveria agora, mas tô atucanada com o tfg.

Alguma de vocês tá inspirada?? hehe

Padre Quevedo disse...

Diga a ela que o fim de relacionamentos é un fenômeno que non ecsiste! O que ecsiste é a tentativa de voltar ao “status quo ante” de liberdade sem ter que magoar o parceiro(a) com una traição. A superação requer tempo, mas un novo amor e una aprofundada aproximação com a parapsicologia permitem ao ente sublimar os sentimentos pelo antigo amado e assim aceitar su nova realidad.

Julia disse...

Bom... primeiro: o Padre Quevedo disse tudo! hahahaha

Segundo: eu tô sempre postando aqui sobre os fins de relacionamentos... bom, pelo menos o meu pseudo-relacionamento...

Acho que para superar esse "trauma", precisamos nos conscientizar que não há nada que possamos fazer, afinal, cada um tem as suas próprias vontades e devemos respeitá-las. É preciso entregar pra Deus e tentar deixar a serenidade entrar no coração e na mente...

Hmmm... é... talvez eu escreva sobre isso, já que tive uns mil relacionamentos acabados e superei todos eles! :)

Julia disse...

*"conscientizar DE que" - vamos escrever corretamente! hahahaha

Julia disse...

Estou escrevendo sobre fins de relacionamentos. Sobre fins de dois relacionamentos meus, pois, como vcs sabem, eu uso isso aqui como meu "querido diário" hehehe...

Espero que a tua amiga, Paula, possa tirar uma conclusão que a ajude! =)

Ainda está nos rascunhos, amanhã eu posto, pq hj tomei uns chopps com meu pai e não é seguro publicar essas coisas sem revisar direito hahahahaha

Rafa disse...

como diria a Paula "que sem graaaça!" haha

eu li antes de sair pra noite...

todo carnaval tem seu fim! pq apagou? Eu volto da noite e não há continuação e o post inicial é apagado... que frustrante.

e Los Hermanos é legal... e o Beco tava bom... e as garotas me amam [/bebado]

Julia disse...

hehehe... me pegou no flagra!!!
fui clicar pra salvar, e acabei postando sem querer... hehehehe

hj li de novo e nao gostei... vou reformular e posto daqui a pouco =D

Paula disse...

expectativa!

CADU disse...

Não esqueçam da enquete do Ricardinho Mansur!! E o que sempre digo pros meus amigos (o que eh o caso, pq a amiga que a paula comentou também é amiga minha) é o seguinte. Meu, fim de namoro eh uma merda, mas eh o seguinte, dói hoje, dói amanhã, dói daqui a 3 meses, mas chega uma hora que deu, o cara enche o saco e nem se lembra. E também meio que não adianta muito conselho, pq nada que os outros digam fazem a gente se sentir melhor, então o máximo que posso fazer eh pagar uma gelada, e to aih p escutar se tu quiser falar. Deu, esse eh o meu conselho.

Ou tb, use uma fita vermelha no braço esquerdo durante 2 meses, e na última sexta feira de cada mês, durante esses dois meses, coma filé a parmegiana e cantando mentalmente "Do Leme ao Pontal". Um pessoal fez isso e disse que eh tiro e queda. Ao término desses dois meses, vc superou totalmente o fim do relacionamento.

Newton Jacuniak disse...

recheada hein...

Newton Jacuniak disse...

e a simpatia do cadu com certeza deve funcionar!
como alguém vai pensar em relacionamento fazendo essas coisas?
alias, como alguém que faz isso vai pensar em alguma coisa!!!
muito boa...

Julia disse...

"Newton Jacuniak disse...
recheada hein..."

^
Didn't get it...

(pq é mais chique do q falar "num intendi")

Newton Jacuniak disse...

hmmm... então talvez não seja tão recheada quanto pensei...

Julia disse...

Sim, sim... não sou a mais recheada do pacote!!! =)