segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Grandes diálogos do cinema

Adoro esse diálogo. É de uma das cenas finais do filme "Closer" e a Natalie Portman diz tudo! E ainda fica assim, meio blasé. Eu queria falar isso. Confesso que senti uma certa invejinha, agora que já foi dito...

ALICE: Yes. I would have loved you... forever. Now, please go.
DAN: Don't do this, Alice. Please, talk to me.
ALICE: I am talking. Fuck off.
DAN: I'm sorry. You misunderstand! I didn't mean to!
ALICE: Yes, you did.
DAN: I love you!
ALICE: Where?!
DAN: What?!
ALICE: Show me! Where is this love? I... I can't see it, I can't touch it. I can't feel it. I can hear it. I can hear some words, but I can't do anything with your easy words. Whatever you say it's too late.
DAN: Please, don't do this!
ALICE: Done.

Ah, em tempo: o post também entra na série "fui alfabetizada em inglês". Não entendeu nadinha? Tradutor do google, benhê! ;)

10 comentários:

Paula disse...

gosto muito!

Julia disse...

Sabe... eu já tinha assistido quando meu terapeuta, numas das infinitas sessões em que eu tentava entender meus pseudo-romances (sim, no plural), mencionou esse filme. E eu assisti de novo. E gostei mais ainda. Agora sempre que analiso o lado "psicológico" das relações, lembro dele (do filme. ah, e do terapeuta também pq não?)

p.s: pensando bem, meus "causos" foram comparados ao Closer pelo meu psiquiatra... e eu achando que minha vidinha era pacata demais... vou ali rever meus conceitos e já volto...

Julia disse...

obviamente o meu ps acima foi uma brincadeira, né, gente? (antes que comece...)

=p

CADU disse...

Eu me lembro dessa cena perfeitamente. É muito bom qdo a gente, ve, le ou ouve, algo que dá aquele estalo "nossa, sei exatamente o que é isso, já rolou comigo.", e sabemos 100% o que está acontecendo, e nesse momento as palavras já não são mais necessárias, fica ridículo tu tentar explicar isso para alguém. Afinal, já experimentou aquilo e o aquilo não precisa da tradução em palavras.

Julia disse...

ta me chamando de ridícula, cadu???
#juliaplantandoadiscordia #juliainventandobriga

AHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA
(sim, to meio palhaça hoje)

Paula disse...

hahahaha
Julia, me dá um gole do que tu tá bebendo aí!

CADU disse...

meus comentários as vezes são meio autistas, no sentido de que fazem sentido (desculpe a redundância) para mim, e não sei se fazem o mesmo sentido para os outros. hhehehehe.

CADU disse...

Reli o meu e todos os outros comentário e entendi agora. Era se referindo a isso "fica ridículo tu tentar explicar isso para alguém".
Demorou mas entendi, não foi minha intenção, logicamente. Na verdade o meu comentário foi complementar ao teu.
Até tentaria aqui me explicar melhor, mas confio no senso sagaz, e por que não perspicaz tb, das Lulus e seria ridículo eu me explicar. Então deixo o diálogo em meias palavras, assim é mais divertido.

CADU disse...

(Aliás, como é bom ver alguma coisa com bons diálogos. Estou vendo uma série muito boa, chamada Mad Man. Recomendo)

CADU disse...

achei excelente, se quiserem saber mais podem "ler" aqui oh:
http://seriesdetonadas.blogspot.com/2009/11/mad-men-1-temporada-completa-download.html