segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Psycho-Lovers


Os homens preferem as loiras? Isso é passado! Agora ELES PREFEREM AS PSICÓTICAS.

Você já viu esse filme: ele é um cara legal, mas ela controla com quem ele conversa, com quem ele anda, com quem ele se relaciona. E controla também os telefonemas, as mensagens de celular, os e-mails, os recados, os horários e tudo o que antes era a vida dele. Isso aí: ERA. Porque agora ele não tem mais vida própria. Agora ele tem uma namorada psycho.

Se as coisas não saem do jeito que ela quer, de preferência acompanhadas de um “sim, amorzinho”, ela surta. E a vida dele vira um inferno. Para evitar esse desconforto ele abaixa a cabeça, fala um “sim, amorzinho”, faz as vontades da miss piradinha-da-silva em questão e segue a vida. Ou o que restou dela. E ainda acha bom! Isso é o que me deixa pasma: ele parece gostar disso. Sim, porque eu não vejo uma razão sensata para alguém se manter num relacionamento assim. Talvez ele até sinta prazer em viver só para ela... Talvez ele realmente pense que merece ser punido caso sua psycho-lover não fique plenamente satisfeita! Oh, God!

E você já viu quando, num momento de sublime lucidez, ele tenta terminar? É uma missão quase impossível. Primeiro porque ela não vai deixar, afinal, quem toma as decisões ali é ela e só termina quando ela disser que terminou, ora bolas. E se ele tiver muita, mas muita força de vontade e conseguir, milagrosamente, terminar, o alívio não vai durar por muito tempo. Ou você acha que é assim para se livrar de uma criatura dessas? Pior do que namorada psycho, só ex-namorada psycho. Ela vai atazanar tanto, mas tanto a vida do cara, que é bem provável que ele ache que dá menos trabalho reatar de uma vez. Se você se identificou com a história e está tentando se livrar de uma psycho, prepare-se: vai precisar de altas doses de paciência e muito auto-controle. Porque ela vai telefonar, mandar e-mails, cartas, mensagens, sinais de fumaça, fazer chantagem emocional, aparecer na sua casa nas horas mais impróprias, seguir você, espionar você, falar com seus amigos, seus irmãos, suas ex-namoradas, sua mãe, seu papagaio... É, amigo, ela vai infernizar você. Até vocês reatarem o maldito namoro ou até ela achar outro que ela queira atazanar.

Infelizmente essa é uma tendência, digamos assim, que eu venho notando nos caras de vinte e poucos anos. Ou vai dizer que você não conhece algum com uma namorada (ou ex) psicótica/ manipuladora/ louquinha-de-atar-em-poste? Pois eu conheço. Vários.
E parece que quanto mais pirada/ neurótica/ controladora, mais tempo dura o namoro. Ou vice-e-versa, ainda não sei.

De certo, Freud explica. Ou o Padre Quevedo, sei lá. Só sei que eu ainda não consegui entender o fascínio que essas malucas exercem nos homens! Será que eles continuam com elas porque é muito difícil terminar ou porque realmente gostam desse estresse constante? Será que eles se sentem mais amados tendo uma psicho-lover grudada neles o tempo todo? Agora, a questão mais importante: será que ELAS são assim desde o início, ou será que disfarçam e parecem legais no começo, antes de pirarem e mostrarem as psicóticas que realmente são? Sinceramente, espero que seja a segunda alternativa, porque se atrair por isso consciente da situação é, no mínimo, bizarro.

Os admiradores de psicóticas que me perdoem, mas sensatez é fundamental.

11 comentários:

Paula disse...

Cadê o Padre Quevedo!!??

Acho que caras assim são meio inseguros ainda. Acho que eles gostam da situação por se sentirem mais amados mesmo... sei lá.
E as psychos só namoram caras assim, inseguros, pois são controláveis.
Pra mim isso tudo é meio loucura.

Mas não sei se as psycho chegam a ser preferência nacional. Mas que eu conheço casos, ah, eu conheço!

Julia disse...

É... graças a Deus não é preferência nacional! Mas que muitos caras da nossa faixa etária estão passando por isso, isso estão!!!
E agora, o que eu faço? Devo partir para os mais velhos???

Anitz disse...

Talvez seja uma boa alternativa, mas quem garante que os homens mais velhos acabam fugindo desse tipo de mulher?Eu já vi casos...
Vocês já perceberam que nossos amigos homens que namoram garotas-psychos vivem reclamando delas pra gente, chorando as pitangas, que não aguentam mais e querem acabar e, no momento em que elas aparecem tudo isso vira um: "oi amorzinho, que saudades!hein?não, eu já ia te ligar. Juro, eu juro" ???
Não sei não...
Será que eles falam a verdade quando tão com a gente ou quando ela aparece subitamente?
Eu sei que esse comentário já esta maior do que deveria, mas gostaria de colocar mais uma coisa sobre esse tipo de garota: vocês não acham O FIM elas tentarem afastar o namorado delas das amigas que ele tem? Fazendo ceninhas, fazendo beicinho, e o pior de tudo é que eles CEDEM.Eu já me conformei que não podemos esperar muito dos homens mesmo (é, eu sei que soa feminista)
Mas, como tudo nessa vida tem um fim, aonde é que esses meninos vão acabar chorando quando eles caírem na real? No ombro da fiel amiga escudeira, que suportou ficar meses ou até mesmo anos sem falar com seu caro amigo por causa de uma psycho.
E sabe o que acontece? A gente fica braba com esses amigos, afinal, como eles foram ser tão trouxas a ponto de cair no conto-do-vigário de uma psycho?!!!
Mesmo assim, a gente passa a mão na cabeça deles e acaba consolando...
Eu pelo menos sou assim, porque amos os meus amigos homens e sei que não há mais nada que eu possa fazer porque, eles já são bem vacinados e grandinhs pra se cuidarem, não é?

Julia disse...

A Anitz falou e disse! Tem toda a razão... eles vivem reclamando pra gente - amigas íntimas ou nem tanto assim - e nunca tomam uma atitude pra mudar nada! Correm de volta pras psychos. Realmente, eles já são bem crescidinhos... acho que vou continuar solteira, porque psycho eu não viro!!!

Julia disse...

Citando o Terça Insana: "Prefiro um filho viaaaaaaaaado que um filho psycho!!!"

Rafa disse...

Primeiramente, eu tenho que esclarecer que aquela vez, quando eu disse que preferia as psychos, era brincadeira. Eu apenas acho engraçado algumas das atitudes dessas criaturas. As que tentam bancar a psycho comigo, logo se dão conta que não dá certo.

Coisas que não suporto e corto na hora, são:


A) mulheres que encarnam essas psychos extremadas que a Júlia descreveu;

B) mimadinhas que fazem joguinhos toscos pra te testar...

Eu curto as mulheres que sabem lidar com esse lance de ciúmes e liberdade de uma forma bem humorada.

E Isso de “sim, amorzinho” eu acho coisa de banana, hehehe. É , Julia... no segundo parágrafo tu descreveu um banana! O que te atrai num cara assim, que se deixa controlar totalmente? Desculpa se alguém que ta lendo fala essa expressão e não é, mas da forma que eu imagino, soa estranho =)

A Paula falou da insegurança... também acho que é tipo isso, tenho amigos nessa situação e, acho que quem se submete a essas coisas é porque pensa que não consegue ninguém melhor. Eu já presenciei discussões que me deixaram perplexo com o sangue de barata de uma das partes, mas cada um, cada um.

Quanto a questão final do post, eu diria que elas disfarçam e parecem legais no começo, antes de pirarem e mostrarem as psicóticas que realmente são... mas o cara teria que ceder nos testes iniciais de manipulabilidade e bananice. Se tu abre uma brecha e demonstra uma fraqueza essas doidas vão explorar isso ao máximo. É o que eu penso!

Rafa disse...

E o Padre Quevedo era fera! Alguma namoradinha psycho dele deve ter proibido o coitado de postar nesse site feminino, moderninho e indecente!

Julia disse...

Estou lançando a campanha: "VOLTA, PADRE QUEVEDO!"

PADRE QUEVEDO: VOLTE A NOS ILUMINAR COM SUA SABEDORIA!

CADU disse...

Sabe uma forma bem legal de lidar com pissáico?? É tu aplicar uma espécie de psicologia do "isso não me abala". É porque assim ó, as pissáico o que querem no fundo, é chamar atenção sabe. Elas querem sentir que te afetam, que mexem contigo, que se elas querem elas infernizam. Ou seja, é uma questão de poder. Tu deixar uma pissáico falando sozinha e não se deixar abalar, é a pior coisa para elas. Ficam doidas e começam a se descontrolar.
Mas vamos combinar, pissáico tá out, né minha gente!

Paula disse...

Temos uma nova enquete!

Julia disse...

Vi e votei.
Boa pergunta!